Processos jurídicos do Tribunal Regional Federal da 1 ª região ganham e ciência e transparência com a implementação dos scanners Kodak Alaris.

 

Durante o ano de 2016, mais de 34.000 processos foram digitalizados com os scanners departamentais da Kodak Alaris.

 

Estudo de caso:


O Tribunal Regional Federal - TRF da 1 ª Região, órgão do Poder Judiciário brasileiro com sede em Brasília, coligado as seções judiciárias da Bahia, Distrito Federal, Mato Grosso e mais 12 estados, digitalizou 34.014 processos em 2016, após implementa­ção das soluções Kodak Alaris. A insti­tuição contava com scanners antigos, defeituosos e sem garantia. Com os scanners Kodak Alaris fornecidos pela Diagrama Tecnologia, revenda nº 1 da marca nas regiões norte e nordeste, o órgão passou por uma verdadeira revolução. As soluções desenvolvidas pela marca trouxeram e ciência operacional e consequente­mente celeridade nos julgamentos. 


Situação:


O TRF 1 o região precisava substituir os equipamentos defeituosos e obso­letos, instalados nas diversas seções

 

do órgão. Detectou-se também a necessidade de implantar uma nova política de renovação no parque com­putacional, o que exigia a instalação de scanners com sistemas atuais e boa capacidade de digitalização.


Objetivo:


Implementar scanners departamen­tais para melhorar o acesso à informa­ção. Aumentar a produtividade e dar agilidade na tramitação de documen­tos para que os procedimentos tor­nem-se ágeis, seguros, integrados e acessíveis aos jurisdicionados.


Solução:


A solução apresentada pela Kodak Alaris contemplou a aquisição de 800 scanners departamentais voltados para a captura distribuída entre a sede e suas regionais. Foram conside­rados os requisitos técnicos de veloci­dade de digitalização, qualidade e

 

tratamento de imagem, cujos scanners Kodak Alaris foram criterio­samente avaliados e selecionados pelo órgão. A agilidade e praticidade para a implementação do projeto, considerando tratar-se de um órgão do Poder Público, com rígidos padrões de exigências, logística padronizada e valor agregado criteriosamente avaliado, também foram fundamen­tais para a escolha dos scanners Kodak Alaris.


Resultados:

 

• Agilidade na conversão dos docu­mentos e qualidade de imagem;

• Prevenção de perda de documentos devido a deterioração;
• Agilidade no acesso à informação;
• Acesso compartilhado;
• Reaproveitamento da sala de arquivo para ampliação de setor;
• Redução signi cativa de tendências de digitalização;
• Aumento da produtividade do setor.